Entenda a diferença entre hard skills e soft skills

Existem dois tipos de competências que vêm se desenvolvendo de acordo com as necessidades do mercado de trabalho, as hard skills e as soft skills. Os profissionais de recursos humanos, principalmente no processo de recrutamento e seleção, analisam os candidatos utilizando essas competências como parâmetro para identificar se o perfil deles se adequa ao perfil da empresa.

Entenda a diferença entre hard skills e soft skills

Entenda a diferença entre hard skills e soft skills

Mas, afinal, você sabe qual é a diferença entre essas habilidades? Confira:

Hard skills

As hard skills são habilidades técnicas que você pode desenvolver por meio de alguma fonte de aprendizado, sejam elas livros, cursos, treinamentos e outros.  Essas habilidades são facilmente identificadas, ou você tem, ou não tem. Elas podem ser encontradas, por exemplo, nas descrições de vagas de emprego e, também, no currículo de todo candidato. 

Soft skills

As soft skills são habilidades comportamentais que, diferente das hard skills, não são ensinadas e sim, desenvolvidas. Por isso, são mais difíceis para serem identificadas. Em processos seletivos, por exemplo, os recrutadores podem fazer avaliações psicológicas com os candidatos para conseguirem avaliar melhor os perfis. Como você se comporta em situações imprevisíveis pode dizer muito sobre suas características comportamentais. A liderança, a boa comunicação e a proatividade, são alguns exemplos de soft skills. 

Visto quais são as diferenças entre hard skills e soft skills, é importante destacar o quanto essas habilidades podem ajudar no desenvolvimento de uma empresa. Os profissionais da área de recursos humanos tem papel fundamental nesse processo, já que eles podem realizar treinamentos para os colaboradores desenvolverem essas habilidades mutuamente. Então, empresas que investem em seus funcionários melhoram significativamente seus níveis de produtividade. 

Embora a presença de treinamentos nas empresas seja importante, cabe também aos profissionais fazerem o seu dever de casa e dedicarem um tempo aos estudos. O aprendizado deve ser contínuo. O mercado de trabalho exige dos profissionais cada vez mais autonomia e adaptabilidade para situações imprevisíveis. Portanto, o profissional que conseguir alcançar esses requisitos está mais próximo de conseguir melhores oportunidades profissionais.

A Kaizen Talentos Humanos tem treinamentos e procedimentos focados em desenvolver suas habilidades ao máximo, priorizando aquilo que realmente importa para o seu perfil profissional, para saber mais, entre em contato!

Se você gostou de nossa dicas, continue nos acompanhando. Sigam-nos nas redes sociais @thkaizen. •

Por Valquíria Ferreira

Dress code: como se vestir para uma entrevistaGrafologia: identifique seu perfil por meio da escrita